Louvores para Refleções

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Pressão e Deserto, quando depositamos no Senhor, a vitória é certa.

 Sl 66.1-15

     Davi relata as maravilhas que Deus fez ao povo de Israel, quando os liberava da escravidão do Egito, e agradecia pelas maravilhas feitas; glorificando e exaltando ao Senhor, pois somente ele era capaz de libertar o seu povo de tanta sofrimento, miséria e pressão, prometida no passado aos seus pais.
    Todos os inimigos de Israel, tiveram que joelhar, diante o povo de Deus, quando Jeová realizou as maravilhas para dar inicio a libertação da escravidão, quando o " Mar vermelho converteu em terra seca para o povo passar, e para a terra que manava leite e mel ".
    No cap. 11, Davi fala quando os israelitas era escravos e viviam uma vida sofrida, de miséria e sob pressão. As vezes Deus permite o seu povo passar por pressão, para testar a nossa fidelidade e resistência, para quando recebermos, não perdemos com facilidade e nunca esquecer de onde viemos e quem nos abençoou.
    A bíblia, nos relata homens de Deus, que não suportaram a pressão e fugiu do problema, achando que estava já tudo resolvido; tais como.

Moisés

    Quando se sentiu pressionado e ameaçado pelos egípcios, pela morte de um soldado que agredia covardemente um homem, fugiu para o deserto, onde pensava que tudo estaria resolvido e teve o encontro face a face com Deus e retornou como líder que levaria o povo de Israel para a liberdade.

Davi

    Primeiramente, quando foi perseguido por Saul, logo fugiu para a floresta, e esperou o momento certo para voltar e enfrentar Saul. Já no poder foi confrontado pelo seu filho, pelo seu trono e fugiu com sua família para a caverna de adulão e aguardou o sinal de Deus, para tomar de volta o era dele por direito dado por Deus.

Elias

    Quando foi ameaçado por Jezabel, apos derrotar os 450 profetas, logo fugiu para a caverna, com medo e pensando que teria resolvido a situação, sendo que era somente o começo de uma longa batalha achando que seria o ultimo profeta e com medo pediu a morte e Deus ouviu a sua oração dando alimento e agua através de um corvo, para voltar por cima e vencer esta pressão, que era tão pouco em comparação ao poder que Deus havia liberado sob sua vida.
    Enfim, a sua pressão, o seu deserto e dor, pode durar uma eternidade, mas para Deus o choro pode durar a noite inteira, mas a alegria vem pela manhã.
   Estes exemplos dos servos de Deus, nos ensina ate mesmo como pedir poder, unção e dons para sermos canal de benção para a noiva do Senhor, pois quem muito e dado, muito  e cobrado, ou seja, avalie primeiro a sua intimidade com o Senhor, sua vida espiritual e emocional, para que a pressão seja superado sem dores e desertos prolongados.

    Há dois tipos de pressão:

     1ª. Como de uma panela de pressão, que pode ficar ligado por um dia, na qual o vapor vai sair sem beneficio, ou;
     2ª. Como uma caldeira de um trem ou navio, que quanto mais acumula calor, mais força e velocidade ganha.
  Qual dessas duas pressões você quer ser, sem mais escolha, e claro a pressão da caldeira do trem e do navio, assim e o poder de Deus sob nossas vidas, como mais fidelidade, comunhão, oração e jejum, teremos poder para derrotar o meu e o teu adversário o satanás o pai da mentira, do medo e da derrota.
    Imagine Pedro, ao chegar de mais um dia, sem nada pescado; com certeza depositou ele e todos que estavam no barco, que voltaria com ele cheio, pois tinham família para sustentarem. Já decepcionados e cansados, aproximou Jesus deles e simplesmente liberou a palavra de bençãos e automaticamente eles obedeceram e lançaram a rede, no lado que Jesus ordenou e foram felizes com uma pescaria jamais feita por ninguém. Isso representa que a pressão sob Mateus, não foi maior que a sua fé e certeza da sua vitória.
    O único holoscauto que Deus nos pede hoje a mim e a você, e reconhecer a autoridade de Jesus sob nossas vidas, adorá-lo, exaltá-lo, glorificá-lo e ser fiel à ele no pouco, pois o melhor estar por vim em nossas vidas, no nosso celeiro, alargamento das tendas e proteção da minha  e a sua família, pois ele e SANTO, SANTO, SANTO.


Leia o capitulo completo de Sl.66




Pr. Gilson Pereira.


Um comentário:

Pastor Vanelli disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.