VISITANTES ONILE

domingo, 13 de maio de 2018

PARABENS MAMAES.


Ser mãe não e apenas gerar um filho por nove meses;
Ser mãe e como Maria esposa de Jose, que amanheceu grávida em uma sociedade em que o machismo dominava naquela época, e ainda por cima como explicar ao seu futuro esposa que estava grávida sem ter feito relação sexual com nenhum homem e nem com seu futuro esposo;
Ser mãe e enfrentar uma sociedade em que as mulheres serviam apenas para fazer filhos, cuidar da casa e do esposo;
Ser mãe e lutar para sua sobrevivência e dos seus;
Ser mãe e deixar a única refeição da casa e dar para seus filhos e transmitir que estar tudo bem, que mais tarde se alimenta;
Ser mãe e ter Fé que a provisão de Deus estar por vim em sua casa, no seu celeiro e dispensa;
Ser mãe e acordar e transmitir para o mundo que estar tudo bem;
Ser mãe e acordar pelas madrugadas e virar do lado para que ninguém veja o seu choro, que para ela e mais uma noite de angustia, mas nem sabendo que cada lagrima estar sendo enxugada pelo seu Redentor, que no momento certo vai mudar sua historia;
Ser mãe é direcionar cada um dos seus nos caminhos do Senhor, educar numa sociedade corrupta, acompanhar na educação ate formarem e serem inseridos no mercado de trabalho;
Ser mãe é colocar na brecha pelos seus para livrar os de todo mau e inveja;
Ser mãe e fazer muitas das vezes o papel de homem e mulher, para educar, para manter sua dispensa, e corrigir quando necessário;
Ser mãe é ter um coração imenso, amando o próximo como a ti mesmo, sem escolha de cor, sexo ou posição social;
Ser mãe e gerar em seu ventre, ainda que seja estérea, “Amor, Cuidado, Zelo”;
Ser mãe e como uma galinha que briga e protege seus pintinhos, contra qualquer mau que ande em seu redor;
Ser mãe e um dom para poucas, pois somente Deus pode explicar o Amor que elas têm pelos seus filhos de sangue e espiritual;
Obrigado Senhor por te me dado uma mãe tão especial como a minha e que ainda me ajuda a criar meus filhos e a minha esposa.
Hoje por mais que veio a presentear minha mãe e esposa por este dia especial, quem mais foi presenteado sou eu, por ser filho e pai.






terça-feira, 24 de abril de 2018

A paz do Nosso Senhor Jesus Cristo e  agradeço a todos que diariamente visitam o blog do Pastor Gilson Pereira, Peço que fazem seus comentários a casa postagem para saber se estão gostando e se estar sendo alcançado a almas e conhecimento a vcs.




Pr. Gilson Pereira Reis.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

ORAR PARA OS DIZIMISTAS OU PARA OS QUE DIZIMARAM


Dízimo vem do termo derivado do latim decimus, “a décima parte”, esse termo ou pronuncia começou a ser usado em nosso idioma no século XIII, embora a prática a que se refere seja tão velha quanto a Bíblia. O grau de parentesco próximo entre o substantivo dízimo e o verbo dizimar significa “destruir, devastar” ou “matar em grande número”. Este nasceu para designar uma severíssima punição adotada pelos oficiais do exército romano em casos de insubordinação das tropas: matar, aleatoriamente, um em cada dez soldados.
Em relação ao Dizimo vários termos aparecem nas escrituras neste sentido: No Antigo Testamento (AT) Asar-significa “a décima parte”, “dez”. Sete vezes é usado no sentido de dízimo, Gn 28:22; Dt 14:22 e 26:12, 1 Sm 8.15-17; Ne 10.37-38. Maaser – significa “a décima”. Termo usado por 32 vezes, Gn 14.20; Lv 27.30-32; Nm 18.24-26; Dt 16.6,11,17; 2 Cr 31.5-6,12; Nm 10:37-38; Am 4.4; Ml 3.8,10. No Novo Testamento (NT) Dekatóo, “dizimar”. Termo usado por duas vezes, Hb 7.6,9. Apodekatóo, “dar uma décima parte”, “dizimar”. Termo empregado três vezes, Mt 23.23; Lc 11.42; Hb 7.5. Dekate,”décimo”, usado por quatro vezes, Hb 7.2,4,8,9.
O dizimo é a décima parte das rendas consagradas ao Senhor. Várias nações da antiguidade separavam para os seus deuses certa proporção dos produtos de indústrias,ou dos despojos da guerra. Os lídios ofereciam a décima parte das presas (heród. 1.89). Os fenícios e os cartagineses enviavam anualmente a Hércules, a décima parte de suas rendas. Esses dízimos eram regulares ou ocasionais, voluntários ou ordenados por lei. Os egípcios deviam contribuir com a quinta parte das colheitas, para o faraó, Gn 47.24.
Abraão, ao regressar da vitória alcançada sobre os reis confederados, deu a Melquisedeque, rei de Salém e sacerdote de Deus, o dízimo de tudo que possuía dos despojos da vitória, Gn 14.20. Jacó prometeu oferecer ao Senhor o dízimo de todas as coisas que lhe concedesse, Gn 28.22.  Na lei mosaica mandava separar o dízimo dos frutos e dos gados para o Senhor, Lv 27.30,32.
“Enfim devemos ter cuidado e vigiar quanto fomos orar pelos “Dízimos ou Dízimistas”,pois alguns lideres em vez de “Orar e Abençoar quem entregou seu dízimo”, pronunciam a seguinte frase” abençoe os que dizimaram, ou seja, esta orando de maneira errada para que aquele que veio para matar e destruir sejam abençoados. Se o Senhor promete multiplicar para aqueles que e fiel a ELE e não para quem vem para dizimarem as finanças do templo.


Pr.Gilson Pereira Reis.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

QUE TIRO FOI ESSE?

A autora dessa musica (Que tiro foi esse?), perdeu o pai aos 10 anos de idade vítima de fragmento (bala) perdida. E o pior,.....viu o pai sendo alvejado!
Não gosto de funk! Porem quem escreveu e canta esta música conhece a dor e o som de um tiro certeiro que destrói uma família e sonhos. Que tira um pai de um filho, de acompanhar seu crescimento e um filho de uma mãe!  Um esposo de uma esposa e sabe a dor de ouvir aos 10 anos de idade uma avó correndo pra fora de casa aos prantos gritando ¨QUE TIRO FOI ESSE¨?
Hoje temos mais cristãos para criticar sua musica , do que realmente conhecer a historia verdadeira da pessoa. Nunca acuse sem conhecer a pessoa, pois condenação antecipada pode ti levar também para o inferno.



                                                                              Pr. Gilson Pereira Reis.
                                                                                Diac. Janaina Soares C. Reis.
                                                                                      

domingo, 21 de janeiro de 2018

ROUPA NOVA EM CORPO VELHO

Uma passagem extremamente marcante da Bíblia Cristã pode ser encontrada no Evangelho de Lucas, o Evangelista, terceiro dos quatro Evangelhos canônicos. Ele relata a vida e o ministério de Jesus de Nazaré, detalhando a história dos acontecimentos, desde o nascimento à ascensão. Alguns estudiosos da Bíblia entendem que o autor do Evangelho de Lucas também escreveu o Atos dos Apóstolos.
Em seu capítulo 5, a “Boa Nova” registra uma discussão sobre a prática do jejum. Há dois grupos de discípulos que o praticam, os de João e os dos fariseus, ao passo que os discípulos de Jesus não o fazem.
Instado a se manifestar sobre o tormentoso tema que até os dias atuais provoca manifestações acaloradas entre fieis, Jesus esclarece: “Os convidados de um casamento podem fazer jejum enquanto o noivo está com eles? Mas dias virão em que o noivo será tirado do meio deles. Então, naqueles dias, eles jejuarão”. E contou-lhes uma parábola: “Ninguém tira retalho de roupa nova para fazer remendo em roupa velha; senão vai rasgar a roupa nova e o retalho novo não combinará com a roupa velha”.
Caro leitor, creio que uma das maiores virtudes dos Evangelhos está em relegar ensinamentos que se mostram, ainda que se passem os lustros, mais atuais do que nunca. Com efeito, por mais que se queira, ninguém pode negar que vivemos novos tempos. O propalado tempo da espera já se cumpriu! A comparação de Jesus, deste modo, acentua a necessidade de dar um salto de qualidade para superar esquemas envelhecidos e assumir a novidade que está por vir.
A digressão acima, destarte, tem um propósito, contextualizado com a realidade atual: trazer ao debate público a terrível situação de nossa nação, estrangulada por uma enorme gama de desvios comportamentais, máxime de nossos representantes, em sua maioria eleitos pelo povo. Para os menos esclarecidos, o mesmo grupo dos últimos quarenta anos, sem qualquer renovação efetiva! É gritante que há algo de errado! Com milionária estrutura de marketing, trocam-se as roupas, as colocam no velho e o apresentam como novo. Com isso, consuma-se a fraude que se repete a cada dois anos!
Recente pesquisa conduzida pelo instituto Idea Big Data mostra que 56% dos eleitores não pretendem reeleger nenhum candidato nas próximas eleições, independentemente do cargo! Ao mesmo tempo, 64% das pessoas não pretendem votar em nenhum envolvido na operação Lava Jato, sejam eles inocentes ou não!
Quando perguntados pelo citado instituto de pesquisa se preferiam um “líder” ou um “gestor” para presidência da República em 2018, 68% dos entrevistados disseram “gestor”. Mesmo sem saber ao certo o que significa um termo ou outro, o sentimento do eleitor para 2018 parece estar mais apartidário do que nunca, não obstante manifestações isoladas em redes sociais que pareçam dizer o contrário.
Os números são fortes, sobretudo para eleição majoritária (Governador, Senador e Presidente). No caso da proporcional (Deputados), o cálculo é mais difícil, até porque teremos que ver se a famigerada atuação dos “cabos eleitorais” - ou “líderes comunitários”, não raras vezes “lobos travestidos em peles de cordeiros” - ainda terá o mesmo efeito de outrora, movidos que são por “moedas de prata” jogadas por estrangeiros. Alguma semelhança com o Norte de Minas?
Não obstante as conhecidas adversidades, o cenário é alvissareiro! A natureza humana tem uma grande capacidade de renovar nossos sonhos! Tudo aquilo que acreditávamos ser o suficiente para tornarmos uma pessoa realizada acaba por se tornar apenas mais um degrau na busca pela realização do que ainda está por vir!
“O meu ideal político é a democracia, para que todo o homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado”. Que surjam novos dias, meses, anos melhores para que possamos renovar nossas esperanças. Que venham novas amizades, novos amores, novas expectativas, novos nomes na política, enfim. Caso contrário não há esperança que sobreviva a tanto tempo agonizando. Roupa nova em corpo novo! É o momento de construirmos a nação que queremos! Renovo minhas crônicas em 2018 promovendo uma ode ao que ainda está por vir...

(*) Delegado de Polícia Federal e Professor da Academia Nacional de Polícia


Marcelo Freitas

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

"ATENÇAO"



 


Se você e sua família ainda não se vacinaram contra a febre amarela, vacinaram há mais de 10 anos ou não se lembram, VACINEM-SE. A doença já matou 16 pessoas em Minas Gerais desde dezembro do ano passado. As últimas confirmações se referem a pacientes de Belo Horizonte, Caeté, Nova Lima e Rio Acima. Conforme a SES (Secretaria de Estado de Saúde), as mortes registradas no estado se referem a pacientes de dez cidades: 5 em Nova Lima, na Região Metropolitana; 2 em Mariana, na Região Central; 2 em Belo Horizonte; 1 em Caeté, na Região Metropolitana; 1 em Rio Acima, na Região Metropolitana; 1 em Brumadinho, na Região Metropolitana; 1 em Carmo da Mata, no Centro-Oeste; 1 em Barra Longa, na Região Central; 1 em Goianá, na Zona da Mata; 1 em Mar de Espanha, na Zona da Mata.







sábado, 13 de janeiro de 2018

“A TRANSFORMAÇAO DE CRIATURA PARA FILHO DE DEUS”

Quando aceitamos JESUS “como único e salvador de nossas vidas”, já começa uma nova etapa em nossas vidas, ou seja, da maneira clara nos tornamos uma nova criatura. Mas como assim pastor, e como em uma gestação, onde por nove meses somos preparador para nascer e vim a este mundo de incertezas, maldades, pecados, etc. Já quando convertemos, do mesmo modo passamos por um novo processo de nascimento através do perdão, cura, libertação, restauração, conhecimento da palavra e intimidade com o ‘Espírito Santo de Deus “e se finaliza com o batismo, onde quando mergulhamos para traz como velha criatura deixou para traz tudo de ruim, nossos pecados, maldiçoes e tristezas e voltamos batizados como filhos de Deus. Sem acusações, limpos do pecado e com a certeza que o nosso REDENTOR VIVE. Fica sempre uma duvida entre alguns cristãos, quando aceitamos ou passamos pelas águas somos já batizado pelo “Espírito Santo”, nem sempre, pois batizados por Ele conforme nossa busca e intimidade, mas fica bem claro que não só porque fomos batizados primeiro que o irmão será melhor. O que faz a diferença de um cristão e: ⦁ Amar o próximo como a si mesmo; ⦁ Humildade; ⦁ Ser servo, ou seja, servir o próximo sem pensar na lei do retorno; ⦁ Semear no teu irmão; ⦁ Mostrar para os seus irmãos as transformações e milagres que o “SENHOR JESUS”, já fez e vai continuar fazendo maravilhas se fores fiel a Ele. Fiquem na paz do Senhor,que as bênçãos estejam sob sua vida e dos teus.

 

Pr. Gilson Pereira Reis.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Não perca tempo.

O tempo é agora. Não se deve deixar para amanhã o que pode ser feito hoje. O que é a nossa vida? É como uma nuvem, que passa e logo se dissipa. Não há fórmula alternativa para a salvação. Disse Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. João 14:6